A imagem pode conter: texto

Anúncios

DESTINO

Tudo acontece como se fosse um caminho, um legado
Como a flecha cravada no tronco da árvore
Um senão, um porquê, um nada
Eis da vida a sina escura ou clara
Secretamente o traçado entre a sombra e a alma.
Como a planta que cresce, viceja, floresce e finda
Tombada no solo da terra seca ou molhada
A chama da vida e os desígnios, não há outro modo
Escolhas, imaginamos fazer… qual o quê!
Assim é a sina, minha , sua, de todos
Malgrado os erros, os acertos, os pendores
A mão que guia a vida não é outra sequer
A que nos fez, neste palco, atores de cenas obscuras
O menino, o velho, o homem ou a mulher.

gracia cantanhede

Resultado de imagem para Foto de sobrancelha

Lágrima de alegria
me orvalha a sobrancelha.

CONVITE

“Brasília, meu amor”
Dia 27de maio, estarei no Carpe Diem, a partir das 18h30, para a segunda-noite de autógrafos. Espero vocês.

BULA

Resultado de imagem para Foto de pessoa com medo

Nada é meu, ou teu, ou nosso
Tudo é provisório, emprestado
A ambição é vã, a vaidade é tola
A vida é efêmera
A vida é ruim, a vida é boa.
Viva sem medos
Eles não resguardam
A saúde ou a força, nem mesmo os cabelos
Viva o momento, vê, não há segredo.

gracia cantanhede

 

**************

 

O casaco ficou na cadeira ao lado da porta de entrada
Os pés tocaram o assoalho, a bolsa sobre o móvel
Só a gata silenciosa abriu os olhos preguiçosos
Posso ser invisível e entrar voando, sem nada
Pela casa à noite no cenário de luz apagada
Cada parede, cada objeto, sabe mais de mim
Do que eu mesma que mal sei da minha história
Tudo aqui é familiar, no escuro o tato é rota e guia
Quando mais tempo temos de morada em uma casa
Mais ela nos transforma em janela e quarto e sala
Mais nosso corpo tem o cheiro que ela exala.

gracia cantanhede

 

***************

Não sei se acredito em destino
talvez por ser leonina
uma pedra citrina calçou meu caminho.

gracia cantanhede

**********************

PROTESTO

Minhas veias abertas, os braços em cruz
Deixo que o sangue escorra sobre a terra
Vou adubar o chão e preparar a cova
Irrigado, terracota, irreparável traço
Meu grito é livre, o verbo brota.

gracia cantanhede

 

******

INSANO

Junho parte o ano em dois, duas metades
A que se foi e a que virá
O semestre chegará ao fim
Mesmo que pareça não terminar…
Seis meses ouvindo impropérios,
O tropel das idéias vãs
Fere nossos ouvidos
Há um gramofone brincando com os sentidos
Palavras, frases , tanto desperdício de tempo
De falas, de anedotas sem riso
Riscam o espaço como relâmpagos
Em que reino estará a sabedoria?
Onde a encontrar?
Tantas idiotices lançadas todos os dias
Parem esse despreparado, ridículo
Socorro!
Há saída no fundo do poço?

gracia cantanhede.

DESCOBERTA TARDIA

Resultado de imagem para Foto de pessoa sofrendo

Era verde, era verso, era céu e mata

e arco-íris fátuo

Saindo da serra

E gado
e plantas

Eram avós, tias,

Primos, lagos,

Auroras, rezas

Flores, festas

Música, imagens santas

Não havia um só dia

Sem descobertas

Ausência de mágoas

Sem desolações

Até surgir a idade

Da dor

Tudo chama —
e fico.

Raiz na pedra,
tranco o arco e desabo

Nem verbo, nem verso, nem ruído
conseguem narrar minha mágoa

Era grande e é ainda

Sem saída, quase uma faca

fincada

e arco-íris fátuo
céu e terra
o arco ata, e, ainda bem,

desata.

 

gracia cantanhede

DIVAGAÇÕES

Um pouco de poesia. É o que me separa das dores do mundo e me aproxima da bondade de Deus.

 

*********

Resultado de imagem para pedra citrino

 

Não sei se acredito em destino
talvez por ser leonina
uma pedra citrina calçou meu caminho.

 

Resultado de imagem para Fotos de livros de poesia

 

Preciso de qualquer coisa que me entorpeça

De alguma fantasia, de spot-light,

de Cole Porter tocando baixinho,

de brisas frescas da madrugada

próprias para espantar insônias teimosas

que queimam,  consomem,

ardem e dilaceram

 

–Porque, hoje,
o tempo parece enguiçado no relógio do quarto.

Gracia

 

Histórias do Cotidiano

 

Resultado de imagem para fotos de guardador de carro em estacionamento

Inspirada na bela reportagem sobre livros, no Jornal Nacional, tenho um caso para contar. O fato aconteceu hoje, no estacionamento público do SHS.

Após sair do prédio onde tive compromisso, fui pegar meu carro, e o guardador gentilmente abriu a porta para eu entrar.

Foi aí que me dei conta de que estava sem dinheiro na carteira.

Fui sincera e pedi desculpas. Mas, ato contínuo, chamei o rapaz e falei: “Olha, vou lhe dar um livro meu. Caso você consiga vendê-lo, poderá ter em mãos dez ou vinte reais.”

E ele, educadamente, respondeu: “- Não, doutora, não vou vender, vou ler”.

Fiquei completamente desarmada. Puxei outros títulos que tinha no banco de trás e opresenteie, com dedicatórias atenciosas.

Mas tive o cuidado de voltar lá e levar o dinheiro pelo seu trabalho.

Posso assegurar, a alegria desse episódio não tem preço.

gracia cantanhede

 

 

AMOR VELHINHO

 

Resultado de imagem para Fotos de casal velhinho

… até acharam que não era amor

mas, era

um casal velhinho

depois de tantas esperas

estão juntos e se abraçam com fé

encontraram-se

e sentiram arrepios

e não fizeram segredos

e deram beijos

porque amor de velhos também amor é

 

não demoraram a sentir

que um amor é tão bom

tão bonito

como  ramo do campo

nasce do improvável

e quando floresce

vira pássaro

faz ninho

canta,

escreve bilhetes

não vê rugas, não olha defeitos

é paz, aconchego

 

amor velhinho

é tão bom

tão sem pressa

enquanto roçam os pés

trançam as mãos

riem das próprias fraquezas

cuidam um do outro

com zelo

é amor verdadeiro

amor com tesão

frio na espinha

e  alguns segredos

bem  sem vergonha

 

amor velhinho

também é amor de homem e mulher

é um dengo só

amor que fala baixo, dorme abraçado

faz  chamego na orelha

conta caso do passado

um amor

velhinho

sem ranço

despudorado

 

se achar um,

agarre logo

seja apressado.

 

gracia cantanhede

 

Resultado de imagem para foto de casal velhinho

**************************

 

Sabe o que você me lembra?

Música de dançar colado,

doce de leite com lâminas de amêndoas,

lareira em noite de inverno,

taça de vinho tinto com foundi de queijo,

sono de preguiça de tarde desatenta,

beijo-quente, riso farto, luz morna,

Salvador e Gala

Andar descalça e

tempo enguiçado no relógio da sala.

 

gracia cantanhede

 

Resultado de imagem para foto de lareira acesa

Mesmo na falta de argumentos, o insulto é  intolerável.

 

Resultado de imagem para Foto de homem insultando